Aqui encontram-se monumentos em pedra que são constituídos por Alminhas, a mais antiga datada de 1859, painéis que estavam debaixo das janelas do primeiro quartel de bombeiros de Oliveira de Azeméis e outras de várias espécies.

 

É de destacar neste espaço a Pedra de Dighton que simboliza a presença portuguesa dos irmãos Gaspar e Miguel Corte-Real nos EUA nos princípios do ano de 1500 e que nunca regressaram a Portugal devido a um naufrágio. A réplica da Pedra de Dighton foi oferecida à Casa-Museu Regional pelo ilustre Dr. Manuel Luciano da Silva, no dia 12 de outubro de 1996, por ter sido nesta localidade que estudou e por ser aqui a residência da família dos Corte -Real.

 

Também estão presentes algumas alfaias agrícolas típicas da região que foram utilizadas no cultivo do milho e do linho. São de destacar alguns elementos, tais como: o primeiro carro de bois de Oliveira de Azeméis, charrua, semeador, ventaneira, debulhadeira, alqueires, balançasmoais, peneiras, medidor de azeite, entre outros.